Clarice Lispector: O leve prazer geral - que parece ter...

O leve prazer geral - que parece ter sido o teom em que vivo ou vivia - talvez viesse de que o mundo não era eu nem meu:eu podia usufruí-lo.Assim como também aos homens eu não os havia feito meus,e podia então admirá-los e sinceramente amá-los,como se ama sem egoismos,como se ama uma idéia.Não sendo meus,eu nunca os torturava.

Inserida por gabrielaalves