Brazilina Trindade: TOCA VIDA - uma poesia da Brejaúba em...

TOCA VIDA - uma poesia da Brejaúba em Cipotanea MG

Toca vida meu coração,
Viola meus ouvidos,
Como soa´lma canção.

Toca vida com alegria,
Grito vind`ouro aflição,
Em suspiros e constelação.

Toca natureza verde,
Morte acesa escondida nos campos,
Conto, ando segredos mantos.

Toca saudade derradeira,
Tão antiga que és forasteira,
Vivo pôr a instante...Incessante!

Toca toca sem tocar,
Acordes, rimas a combinar,
Viola violino a flauta sagará.

Toca que não escrevo mais,
Nem para lá e nem para cá,
Desfinalizando fins inicio
Descomeço do retocar
Desta vida toco a tocar:
No pio do sabiá!
(Medusa Leäo cipotanea)

Inserida por cipotanea