Paulo Leminski: Por um lindésimo de segundo tudo em mim...

Por um lindésimo de segundo

tudo em mim
anda a mil
tudo assim
tudo por um fio
tudo estivesse no cio
tudo pisando macio
tudo psiu

tudo em minha volta
anda às tontas
como se todas as coisas
fossem todas
afinal das contas

Paulo Leminski Toda Poesia.
Inserida por sizinha1234