Rita Lee por Ana Pollyanna: Um belo dia resolvi mudar e fazer tudo...

Um belo dia resolvi mudar e fazer tudo que eu queria fazer, me libertei daquela vida vulgar e em tudo que eu faço existe um porquê... eu sei que eu nasci pra saber.
Eu sinto prazer em ser quem eu sou...minha saúde não é de ferro , mas meus nervos são de aço, pra pedir silêncio eu berro, pra fazer barulho eu mesma faço... Aqui dentro do meu sangue vermelho me acustumei com você sempre reclamando da vida, me ferindo e me curando.
Eu sou uma grande mulher, porêm LOUCA , para mim nada disso importa, vou abrir a porta pra você entrar, venha me ver amanhã, pra variar aqui quem fala é da Terra.
Você não imagina a loucura de uma pessoa comum , um filho de Deus, nessa canoa furada , remando contra a maré, mas eu gosto de andar na beira arriscando minha vida por um pouco de emoção, dizem que sou louca por viver assim, mas louco é quem diz "já estou no céu".... sim sou
MUITO LOUCA, não vou me curar, eu não fumo, não bebo.... então qual é a sua?
Talvez você não me entenda... eu sou a luz das estrelas, sou a cor do luar, sou o medo de amar, a força da imaginação, eu sou a vela que acende, sou a luz que se apaga, sou o tudo e o nada...
Perguntas não vão lhe mostrar que eu sou feita da terra, do fogo da água e do ar.

DESCULPE EU NÂO QUERIA MAGOAR VOCÊ! Mas a noite é um criança distraida, e como é estranho ser humano, este mundo não é sério...gosto de sombra e água fresca e não a nada melhor do que não fazer nada só pra deitar e rolar.
Meu Deus ..... quanto tempo eu passei sem saber???
Mas apesar dos pesares do mundo.... VOU SEGURAR ESSA BARRA.

Inserida por anapollyanna