Catarina Portela: Demora imenso tempo para aprender o que...

Demora imenso tempo para aprender o que é o amor, como faze-lo ficar, como é fácil de desaparecer e como é difícil de esquecer
Demora tempo para controlar emoções, agarrar corações para sempre, soltar laços de afecto que já não tem razões de existir.
Demora tempo a aprenderes a adormecer, sem esperar pelo dia seguinte, a acordares como se fosse o primeiro dia da tua vida, a admirares e guardares a simplicidade de cada momento.
Demora tempo a perceber, como fazer para não recordares o que queres esquecer, e viver todos os dias com a sensação que jamais lembrarás.
Demora tempo para construíres uma vida, mas percebes rapidamente o quanto é fácil vê-la passar por entre os dedos.
Demora, demora imenso tempo a olhares para traz com certeza que tudo era necessário para te edificares.
Demora tempo para admitires que as loucuras é que te tornam puro e diferente.
Que os devaneios mentais são necessários para que a tua vida continue sem que a lamentes.
Que a frieza, o calculismo, a mentira, a hipocrisia, são desnecessário a qualquer Ser Humano, mesmo que para sua própria protecção. Não te protejas do mundo, enfrenta-o!
Não te distraías demasiado, ou perderas momentos inesquecíveis da tua vida.
Lembra-te que qualquer oportunidade que deixes escapar, alguém a apanhará por ti.
Entretanto, a vida continua.
Deves senti-la, e vive-la no respectivo tempo.
Não queiras ter pressa de acordar e de perceberes que este não era o mundo que querias.
Tens todo o tempo do mundo para cresceres.
E não seria maravilhoso se vivesses criança para o resto da vida?

Demora, demora imenso tempo até se aprender a saber viver.

Inserida por CatarinaPortela