Lucas Gassert Degani: Porque as pessoas têm tanto medo do...

Porque as pessoas têm tanto medo do destino?Medo do final?Medo da morte?O fim inevitável de todos,do seu,do meu,do vizinho.Todos sabemos que um dia agente vai chegar lá,mais porque as pessoas temem tanto assim?
Será que é o mesmo medo que agente tem quando vê um filme de terror,está a beira de um prédio alto,de atravessar uma rua movimentada,de terminar um namoro com a pessoa amada,ou é um outro tipo de medo?Não entendo essa humanidade em que vivemos,juro que já tentei aos montes,mais não entendo!Sabemos que é para la que todos vamos no final,é aquilo e não é mais nada!Então porque temer,se nem ao menos sabemos o que acontece quando nos vamos.
Já parou algum dia pra se perguntar isso?Para onde vamos depois do nosso ultimo segundo aqui?Será que voltamos como uma criança nova,recém nascida e esquecemos tudo,será que vagamos pelo mundo como meras almas desoladas,ajudando ou atrapalhando entes e amigos que nos eram queridos?Ou nos sentamos ao lado de Deus e descobrimos o verdadeiro sentido dessa vida.Aliás,ai está outra grande questão da nossa sociedade,qual o sentido dessa vida,disso tudo?
As pessoas sofrem,ralam durante anos,décadas,algumas até um século,para no final,pff,virarmos mero pó,mera nuvem de aura que mais nada faz e no final,nada levamos conosco,nada daquilo tudo,que demoramos,que demos duro a conquistar,fica tudo aqui.O máximo que podemos levar,são as memórias,as lembranças do que se aconteceu,dos momentos que passamos,se levarmos isso ainda!
E me chamam de louco,louco por pensar assim,por apenas querer um desvio no grande caminho da vida,querer tomar um atalho nessa longa estrada que nos deram para trilhar.Acho inútil passarmos tudo isso que passamos para no fim,perdermos em fração de um segundo,em um milésimo,perdemos aquilo que as vezes demoramos 50 anos a conseguir.Vão me chamar de louco,de depressivo quando lerem isso,quando chegarem ao final deste longo pensamento,não tão longo quanto queria,mais longo o suficiente pra me entender acho,que a vida,nada é do que uma mera enganação para o que o destino reserva a todos,independente da nossa crença,da nossa raça,da nossa classe social,o fim é o mesmo para todos,e para onde vamos,ninguém sabe,apenas sei,que quero ir de uma vez para descobrir,e o dia que eu for,eu volto aqui para contar a todos vocês o que acontece.

Inserida por degani