Marques Bueno: “Minha vida não é clara” Em meus...

“Minha vida não é clara”

Em meus repetitivos erros, pude ver de forma clara que não deixei nenhuma canção, recitei a frase clara, poemas, falas, pedidos de perdão.

Em busca de uma vida clara, tive amparo, inveja, momentos de compaixão, alegrias passageiras, indolores emoções, até a luz que já foi clara transformou-se em escuridão.

Em sintonia com os que amam, tive o amargo gosto do ódio, não vi de forma clara quando alguém me disse não, sempre alerta perdi o embate que não trouxe campeão.

A mesmice irrita um texto, algo inacabado também, a beleza não é clara, como esperar e lutar enquanto do outro lado daquela sala, um aceno pedido de graça não vem.

A agonia desvairada é vista em tempos de televisão, sugestões inconseqüentes, sorrisos baratos, nada têm conotação clara apenas cremos em alguém que fala e sequer temos atenção.

A palavra é antiga; amar, desejo, ódio, entrega, sofrimento, perdão, o que foi escrito não diz nada, quando não temos o sentido da palavra ou a vida deixa de ser clara quando se quer viver o dia a dia e um futuro não teremos não.

Inserida por MARQUESBUENO