Marques Bueno: “Da vida ganhei o caráter” Aprendi...

“Da vida ganhei o caráter”

Aprendi em certos tempos escutar sem muito falar, também ganhei de contrapeso o momento de esperar.

A ausência e alguns defeitos deixaram cegos e desamparados meus momentos de razão, ademais sentiram desprezo, certo estou na minha canção.

Ontem cedo topei o espelho, vi uma criança pestanejar, a noitinha tive receio, mas cuidadoso peguei-me às turras a lhe olhar;um espanto pois não era o mesmo fagueiro,vi um homem a me encarar.

O castigo não mais tenho, vejo-me agora a ensinar,antes imaturo em devaneio,tento agora equilibrar,meus momentos de anseio podem de fato esperar.

A virtude sei que tenho, não aquelas cardeais, temperança, justiça, fortaleça e prudência um grãozinho vão me dar;tenho a força e sou sereno,valentia sei que há,fé em um dia de esperança a caridade vou ganhar.

Tenho orgulho do que vejo, sou o único a me inspirar, senti na pele um olhar faceiro, os dias passam sorrateiros, a vida bateu sem dó e a contento deixando ao chão no atoleiro alguém incerto e não guerreiro; fazendo-me homem ao levantar.

Inserida por MARQUESBUENO