Livro 'O Camafeu: ''Lágrimas brotavam naturalmente de...

''Lágrimas brotavam naturalmente de meus olhos, e, a súplica.. Atenuava as minhas dores, levando-me a um estado de balsamizante e inexcedível ventura e paz, onde interessante fenômeno operou-se em minha mente: como se fora um filme cinematográfico, todas as cenas de minha vida, desde a infância até aquele presente momento, foram projetadas em espantosas velocidade na tela de meu consciente, trazendo-me recordações as mais variadas, desde os mais felizes acontecimentos até as mais funestas reminiscências, tudo na mais fidedigna reprodução. Mas o que causo-me maior sensação de bem-aventurança foi a seqüência de fotogramas vivos e muito iluminados dos rostos de todas aquelas pessoas a quem auxiliei, todas sorrindo para mim, profundamente agradecidas, fazendo com que me esquecesse daqueles minutos tenebrosos e vivesse somente aquele mágico instante.
(...)''

Inserida por lyege