Lucijordan: Mães de Maio Deus me concedeu a graça...

Mães de Maio

Deus me concedeu a graça de ter duas:
uma à luz da vida me trouxe, mas
(que triste sina)
como nada é para sempre,
cedo a perdi
(para a outra vida)
A outra, coube a tarefa
de me acompanhar,
em meus primeiros passos
em minhas crises de aborrescência
quiçá minha loucuras...
Amei-as igualmente
Uma pela falta e pela memória
A outra pelo legado
que me deixou: sabedoria e
a placidez de viver...

Inserida por lucijordan