Rollf Fiore: O Sopro do vento, faz os meus versos...

O Sopro do vento, faz os meus versos
Vago sempre em caminhos curtos
Nos pensamentos de sermos incertos
Das minhas falas saem sopros mudos.

1 compartilhamento
Inserida por Poemasperfeitos