Cristiana guerra: "(...) Disfarcei, respirei fundo,...

"(...) Disfarcei, respirei fundo, recobrei a serenidade como num piscar. Nessas horas, não importam as coisas que me amedrontam, nem os colos que me faltam. Visto uma armadura de não-sei-o-quê, engulo o tremor e calo a minha ingenuidade. Aperto você junto ao meu corpo como se quisesse voltar a colocá-lo dentro de mim. Sou seu porto-seguro porque assim tem que ser. Foi então que eu, pequena e uma só, cresci mais uma vez para acolher você com a força de um mundo."

Inserida por tamebertolla