Marta: O AMOR É COMO O VENTO. NÃO SE DEVE...

O AMOR É COMO O VENTO. NÃO SE DEVE PRETENDER ESTABELECER-LHE DIREÇÃO. QUE VÁ PARA ONDE LHE SEJA MELHOR IR. QUANDO LÁ CHEGAR, QUE POSSA SER BEM RECEBIDO POR AQUELES QUE DESEJA AGRACIAR.

Inserida por psicologia-2009