CalungaRita Foelker: Tudo passa Calunga / Rita Foelker Tudo...

Tudo passa
Calunga / Rita Foelker

Tudo que é da matéria é passageiro. Tudo que é do Espírito é durável.
Então não adianta querer que seja permanente algo que é da matéria. Aliás, a coisa mais permanente, na matéria, e a sua impermanência.As cores e o brilho da matéria, a beleza, costumam impressionar. 'E que o mundo material tem um poder de seduzir o ser humano, de hipnotizá-lo, pra depois deixar na mão.
Os aparelhos quebram, os carros enferrujam, as roupas se gastam.
Mas não é que a matéria seja ruim, a bandida da história, vil, enganadora.É a gente que se engana com ela.Somos todos chamados a contribuir com o ambiente
A gente vai vivendo o grande espetáculo da vida, porque a vida é um grande espetáculo, sempre a nos trazer novidades, sempre a nos tocar a alma, sempre a fazer com que nós tenhamos constantemente a oportunidade de aprender a lidar com os tesouros que ela própria nos reservou. Reservou, dentro de nós, poderes incalculáveis. E somos nós aqueles que irão utilizar esses poderes em nosso benefício e em benefício dos outros.
Cada um é chamado a movimentar o seu poder interior. É o poder do amor, é o poder da realização, através da fé, é o poder da escolha, da concentração, é o poder da imaginação e o poder de movimentar os conteúdos da sua mente para que ela realize, por intermédio do sub-consciente, tudo aquilo que é seu destino, tudo aquilo que vc experimenta e experiência.
Desde a dor até os grandes prazeres e as grandes conquistas, tudo é provocado pelo uso constante do seu poder de crença, de pensamento, de fé. Como isso impressiona a mente, a mente vai, com a sua virtude divina de transformar os pensamentos em realidade, ao longo do seu dia, escrevendo os seus momentos, atraindo os companheiros, atraindo as situações difíceis, atraindo inimigos. Seja como for, contrastando vc com o outro, vai desenvolvendo a sua consciência, o seu discernimento, o seu aprendizado.
A gente vai vivendo com aquilo que escolhe acreditar. E conforme escolhe acreditar, a gente confecciona o nosso destino. O nosso destino está, em grande parte, em nossas mãos. Está nas suas mãos, esteja vc profundamente consciente disso ou não. Parece que a natureza não se incomoda. Assim mesmo, ela deu a nós o arbítrio e; por meio dele, nós vamos construindo o nosso roteiro.
Todo mundo é chamado, neste mundo, a contribuir no ambiente social, a contribuir com seus pensamentos e ações para que a mente social possa influenciar também o destino do seu grupo, da sua cidade, do seu país.

Inserida por saioborba