Jaak Bosmans: Álbum do engano Tenho em lembrança a...

Álbum do engano

Tenho em lembrança a mais densa noite de meus prazeres.
Ao teu lado te abraçando em suavidades e desejos.
Numa noite em que tudo se revelou em amores
Com perfumes sonoros, lençóis ao chão, nem eu nem você.
Apenas um engano de tudo que passou.

Não se contam noites como se contam dias.
Mais curtos os dias, mais longas as noites quando da solidão!
Naquela noite percebi apenas um beijo do nunca mais!
Nada a perdoar por tudo ter sido apenas enganos.
Apenas enganos de tudo que passou.

Partida sem adeus, naquele sombrio dia ensolarado.
A casa abandonada, retratos em cinzas na lareira.
Do dia sacramentado com o contrato do engano.
Jurado pra sempre na saúde e na doença, era só um ritual.
Apenas o engano ali já começava...

Jaak Bosmans 17-01-09

Inserida por JaakBosmans