João Batista do Lago: EU E O TEMPO Sou, pois, o avesso Do...

EU E O TEMPO

Sou, pois, o avesso
Do avesso
No regresso do tempo
Sou, pois, sempiterno
Puras recordações
Das ilusões dos tempos
Sou, assim,
Ternura dos ventos
E dos tempos
E sem o tempo do ser
Sou o ser do tempo
Na eternidade do eu

Inserida por suallinda