Nivaldo: ... de tudo nada sei, quando amei de...

... de tudo nada sei, quando amei de verdade me perdi
caminhos esqueci, paixões eu vivi intensamente
Me dei inteiramente, depois sofri, sofro novamente
Quere-te ainda quero

Inserida por nivaldobello