Luiz Renato Garofalo: Cortejo Mental Quem me dera poder,...

Cortejo Mental

Quem me dera poder, buscar em lágrimas às esperanças;
Quem me dera um sonho;
Um lugar seguro pra mim e pra voce;
Quem me dera sobressair sempre;
Diante das incertezas da via dessa vida;
Reconstruir-me a partir de lágrimas;
Derramadas em mais um devaneio.

Quem me dera me sentir forte;
Com sorte talvez bastaria;
Quem me dera acreditar em suas palavras;
Fruto de pensamentos/ temperamento momentâneo;
Quem me dera aglutinar todos os sonhos;
Em uma cadeia de necessidades.

Quem me dera despertar um sorriso;
Buscando o riso em rostos alheios;
Transformando um momento;
Transformando vários momentos;
Quem me dera mais um sonho;
Sonhar sem limites, nem tempo.

Quem me dera descobrir os vínculos;
Que ligam minha vida a constante melodia;
Harmonia pautada pelo universo;
Quem me dera não me envergonhar;
Diante do espelho; velhos amigos se reencontram;
Se fazendo novos; novos modelos;
Quem me dera um sonho!

Inserida por Horus