Luciana Horta: Um alguém inteiro Nada desse negócio...

Um alguém inteiro


Nada desse negócio de cara metade, almas gêmeas ou par perfeito em relacionamentos!

1) Cara metade
Fazendo uma simples conta é possível sacar que matematicamente isso não funciona. Veja: a soma de duas metades é igual a 1(um) inteiro e, não a 2 (dois) inteiros! E onde já se viu um relacionamento dar certo só com 1 (um) inteiro?

2) Alma gêmea
A palavra gêmea me faz pensar em algo muito parecido, quase igual. Tá certo que ter afinidade em um relacionamento pode ser um ponto positivo. Mas, conviver com um “espelho” deve ser um incômodo só. Já pensou ficar enxergando no outro o que você não gosta em si mesmo? Ficaria faltando o complemento, aquela característica bacana e diferente que vemos no outro e, desejamos ser, mas não temos.

3) Par perfeito
Se já é perfeito vai precisar do outro pra que? Só se for para ditar o que é certo ou errado! Que porre deve ser conviver com alguém perfeito!

Boas vindas a todos os inteiros, diferentes e imperfeitos!

Inserida por LUCIANAHORTA