Cláudia Campello: Em vão... Palavras soltas no espaço...

Em vão...

Palavras soltas no espaço virtual e infinito do meu querer...
tentam em vão te encontrar.
Arremeto na esfera do teu olhar o que me inspirastes...
mas não te chegam.
Procuro uma fagulha de imaginação nesse céu sem brilho que me permita
chamar-te a atenção.
Vasculho no baú de lembranças nós dois e quase não nos acho.
Atraso o relogio do tempo...acrescento dias nas loucuras de minhas fantasias
que ainda não vivi.
E aplausos que nao mereço, me dão conta, que desnudei aqui minha essência...
mas sobre mim, cai o pano da verdade:
Amei por nós dois...
e uma outra parte de mim se ausenta... hoje não escreverei nada.
absolutamente nada.

Inserida por claudiacampello