Sandra Helena Queiróz Silva: OCASO O céu é um borrão de sombra e...

OCASO

O céu é um borrão de sombra e luz,
a claridade surge mansamente.
Um sossêgo interior,em mim produz entre os matizes transparentes e azulados.
As árvores crescem, na beleza da galharia exuberante e farta.
E o sol transforma o inquieto dia,
como rubra púpila, a se afundar na noite em plena escuridão.
O astro rei morre,estourando de luz,
despencando nas trevas
como um meteoro.
E diante do espetáculo em que me encontro,
admiro tudo ao redor,serenamente.
Meus olhos se perdem na distância da amplidão,
nas descargas de luz de cada solução.

Inserida por piripaque