Aline C. Costa: À uma amiga Não chores... seus olhos...

À uma amiga

Não chores...


seus olhos negros como a cor da graúna não merecem que lágrimas escoam a fio.


Não se pertube...


tudo passa, porque a vida não é perene e os problemas vão e vem,


não escureça sua face com dor e pesares


pois está face negra por natureza, ilumina os caminhos que te permeiam;


é preta, pretinha... Cor da força e da coragem, cor dos zumbis.


A vida não é um conto de fadas,


mas depois da tempestade um sorriso de criança acalma o espírito.


Não chores...

Inserida por jussaraalves