Sandra Helena Queiróz Silva: O TEMPO Olhei a manhã dourada vestida...

O TEMPO

Olhei a manhã dourada vestida de claras cores;
O sol surgindo,ao longo do horizonte e o colorido céu a se espelhar na fonte.
O vitral da manhã banhou-se de esplendores.
Breve passa o tempo,tão breve quanto espumas,
porque dia igual não voltará jamais do singular roteiro das vastidões da vida.
Pelas janelas largas da imaginação afoguei meus pensamentos.
No sopro leve do vento,sentindo na face a aragem benfazeja,aumenta a minha esperança e concretiza meus sonhos alados.
Não vejo o perfume da flor, mas sei que ela existe,assim como existe uma pessoa em cada coração.
Unindo fragmento a fragmento terei no tempo um novo sonho para sonhar sem sofrer e sem chorar.

Inserida por piripaque