Jefferson Cavalcante: Nós somos a letra ®... O que são as...

Nós somos a letra ®...
O que são as letras perante as palavras e o que são palavras fronte as orações, períodos, versos, estrofes, sonetos... A resposta? Elas são a base de tudo, não haveria lindos sonetos de amor eterno se cada letra não fosse justaposta com um coração sincero.

É isso que somos! SOMOS AS LETRAS DO MUNDO fazemos parte de um livro onde nos colocamos de forma embaralhada, confesso. Mas, quando encontramos a letra certa, ou as letras certas, formamos uma linda palavra e esse é o momento precursor de uma história, o surgimento da primeira palavra.

Somos pequenos grãos de areia, assim como, as letras somos ímpares e não nos damos com qualquer letra, nem adianta forçar uma junção, pois não fará o menor sentido... Já por outro lado, podemos encontrar letras que nos unam para sempre da mesma forma que o sempre se uniu para representar o infinito.

Somos o motor de ignição do mundo, somos a base e, ao mesmo tempo, o topo. Passamos despercebidos, somos usados sem o menor pudor, e nem por isso deixamos de ter confiança de que em algum dia, alguém nos usará mesmo que num verso disputado por palavrões em um muro só pra declarar o amor que sente por outrem.

Quantos de nós ainda esperam ansiosamente pelo dia em que encontrarão com as letras de ALGUÉM? E, por este desenvolver, do nada, quatro letras que formam a bomba mais abstrata e mais forte do mundo: o AMOR.

E com este ALGUÉM aprender a conjugar a nova palavra e a cada dia fazer a palavra ganhar uma nova força pelo passado que viveram, pelo presente que vivem e pelo futuro que viverão para assim dizer: Amei, Amo, Amarei!! Mas, o melhor de tudo é perceber que a cada dia o tempo nos ensina novas palavras como Obter, Vencer e etc...

Nascemos A e durante nossa vida passamos a ser B,F,H,P,T, X e por fim Z é nesse momento que “atamos as duas pontas de nossa vida”e o nosso alfabeto terminou. Mas, é a partir de agora que recomeçaremos nossa contagem. E assim, recomeçar e recomeçar, quantas vezes for preciso! Por que ruim não é passar diversas vezes pelo Z, e sim, nunca ter saído do A, ou ainda, ter passado por este sem nunca ter encontrado nenhuma letra que fosse importante, pois seria nesse motivo que se deixaria de ser letra, e passaria ao símbolo mais triste: O ponto final.

Inserida por Jeffersoncavalcante