Marcelo Gutierrez: Clima maluco Dia de sábado dia quente...

Clima maluco

Dia de sábado dia quente eu to lembrando você
Com cabelo presos reclamando do calor quando
O tempo fecha o ar divide espaço com a água
O tempo refresca

Você solta o cabelo e diz agora to com frio
Só seus braços pra me deixar na temperatura
Que eu quero
Nós abraçamos fazemos amor
Deitados na cama ou chão onde tivermos
Você Me diz eu ti amo digo também o mesmo

Tomamos um banho pra refrescar o corpo que queima igual brasa
Imagino o que seria de mim sem você nessas tardes quentes e frias
Onde eu ti amo e você me ama
E nos deixamos levar pelo tempo e o clima
Adoro esse clima maluco igual a mim por você

Inserida por MarceloGutierrez