Maria gorete: O vento... (Gorete salvador) Ele chega...

O vento...
(Gorete salvador)

Ele chega leve numa manhã clara e feliz
Ele passa suave numa tarde de verão

Ele pode ficar mais forte junto com uma chuva,
Numa tarde ou noite de inverno

Ele brinca de se mostrar num redemoinho...
A passar num dia qualquer..
Brinca de esconde-esconde quando quer avisar que vem
Chegando o outono...

As folhas das arvores sabem tudo dele...
Nas ruas as folhas soltam não se incomodam
De serem levadas por ele...pra lugar nenhum...

As crianças abrem os braços para senti-lo melhor
As mulheres seguram as saias...
Os homens seguram os chapéus...
E assim passam-se os anos...

E nas noites de verões é bem longo e manso pra não afugentar os
Namorados que olham a lua.

Não importa a estação lá vem ele...
Leve...forte...dizendo existo mesmo sem você me ver...
Sinta-me...

Inserida por goretesalvador