Denis: Passarinho, passarinho. Preso aqui nesta...

Passarinho, passarinho.
Preso aqui nesta gaiola.
Como é lindo teu cantar.
Fico aqui imaginando.
Você na mata cantando.
Solto e livre a voar.
Passarinho colorido.
Canta, canta passarinho.
Talvez já tenha aprendido.
A cantar assim sozinho.
E eu aqui me pergunto.
Sobre este teu cantar.
Será que é alegria.
Ou é por tão só estar.
Porque eu também vivia.
A cantar feliz da vida.
Quando minha amada eu tinha.
Quando ela era minha.
Hoje eu não sei passarinho.
Mesmo sozinho, tu canta.
E eu com nó na garganta.
Falta-me, o encantar.
Ah querido passarinho.
Como pode este cantar.
Tão lindo mesmo sozinho.
E eu aqui a chorar.

Inserida por sou-denis