Natália Maria de Lira Cardoso: É tão relativo e contraditório o...

É tão relativo e contraditório o amor. Quando meus pensamentos perdidos se encontram em teu ser, meu coração não se contenta apenas em bater freneticamente e me fazer perder todos os meus, nao muito bons, sentidos. Faz o sangue esquentar e passar rápido pelas minhas frias e rigidas veias, borbulhando como agua fervente, fazendo meu rosto ficar avermelhado e quente. A insanidade consome completamente a minha mente, fazendo-me querer mergulhar em qualquer uma das minhas inesqueciveis lembranças em que você me roubou ao ar, comprimiu todo o seu amor em meus labios em que me fez prometer que essa maravilhosa utopia sera para sempre. à sua frente, meus orgãos se comportam de uma maneira diferente, inconstante. é até vergonhoso admitir que isto aqui parece ser o inferno, é tão puro e sublime o que sinto, que foge da lei da realidade.

Inserida por NataliaCardoso