Olívia Tavares: não consigo descrever o quanto eu te...

não consigo descrever o quanto eu te quero
o desejo me mastiga aos poucos, me corrói... transformando-me em apenas pedinte do teu amor
não tem problema, eu já não me importo comigo
procurar alguma forma de chegar até você, você que ilumina meus dias com felicidade, tentar ser levada à você pelo forte desejo de te tocar.
te tocar, talvez muito divino para uma apaixonada como eu, que vai implorar por teu amor a cada dia de minha singela existencia.
tentar mudar a realidade cruel com os mais puros sentimentos de meu coração, todo de amor à você tributado
pedir pra te esquecer, só me faz lembrar que quero esquecer porque o amor qu eu sinto é tão imenso, que me sinto insignificante.
teus desejos me dominam, eu perco os sentidos, eu vivo por você.
não poderia querer vida melhor, estar só a espera do meu amado, que completará o vazio do meu coração.
sinto os sentimentos transbordando em mim, a simplicidade se mistura com a vontade de me entregar como tua escrava, e realizar todos os seus desejos, me sinto estupida.
não me importo em te ver partir
onde estiveres a tua felicidade, será a razão para me fazer continuar respirando
quem poderia um dia ser tão apaixonada quanto eu? escrevo pra você, versos vazios de sentido e cheios dos mais puros sentimentos, repletos de amor
nesse momento, meu coração toma conta de mim inteira e me declara tua eterna serva.
me perco, me sinto confusa e indefesa. preciso de você da maneira que for...
inspirou meu versos, que mesmo rejeitados, são tentativas que te fazem perceber o meu amor
o amor, o sentimento mais belo, pelo qual minha vida foi presenteada. a vida que eu entrego à você
esse amor que me sacia, me dá energia pra escrever, o meu oxigênio, a minha droga. não, eu não vejo saída, estou dependente das tuas palavras.
peço pouco, me sinto feliz.
talvez eu tenha enloquecido. me declaro culpada
tenho culpa por te amar. e já não sou nada.
nunca serei. o amor me destruiu!

Inserida por oliviatavares