Maisquetudo: Beijaste-me e gostei!!! Olhaste-me como...

Beijaste-me e gostei!!! Olhaste-me como se tudo estivesse tão errado... Afastas-te-te e nem o teu nome me disses-te. Fiquei semplesmente a ver-te afastar... E o beijo mais do que sonho... Estava quente agora nos meus lábios... Para onde te dirigias amor... Fôs-te embora querendo me enlouquecer... E de relance olhas para trás... Sorrís cheio de malicidade... Como podes ser tão errado... E tão poderoso... A correr atravessas a passagem de comboio... Eu cá fico... No sonho acordada... Na vida a sonhar... Não estou habituada a ser simplesmente atingida... por um raio apaixonado ao meu coração... é tão errado... é tão certo... mas eu beijei-te ontem a noite... e gostei... e sem que isso importasse... não sei se me amas... e hoje voltas-te a encostar os teus lábios nos meus... enlouqueces-me com o teu andar... eu fico simplesmente a olhar-te... e tu te afastas... Caio de joelhos... Grito... Roo-me... Se pensas que me foges... Estas muito enganado... Agora que me enlouqueces-te... Vou-te enlouquecer a ti... Corro...corro até os pés deixarem de tocar o chão... Corto a esquina... não te vejo... onde andas tu maldoso amor... que me fazes explodir... sonhar... e simplesmente confundir-me na sombra de todo o meu ser... Olho para trás... Aí estás a rir-te... enquanto voltas a apanhar o comboio... pensas que me foges... depois de me enlouquecer?! Corro e as pernas falham-me... Salto á frente do comboio e em pleno voo vejo o teu ar apavorado... Rebolo, e corro para a porta... Isto está tão errado... está tão certo... como podes enlouquecer-me desta maneira... se nem sei se me amas... Mas ontem eu beijei-te... e gostei... agarro-me á porta... e abro-a à força... Estas alí... Agarro-te nos braços... Os nossos olhos colam... E num infinito perder de sentidos... Ficamos a sentir a respiração ofegante um do outro... Parece que nunca ví brilhar tanto algo como os teus olhos... É tão errado... nem sei se me amas... Mas já te desejo tanto... Endoideceste-me... Enlouqueceste-me... Tudo porque num sonho me beijas-te... E eu gostei... As nossas bocas colam-se... Os nossos corpos dançam... As minhas mãos não resistem e mexem no teu corpo... Os corpos não negam a paixão... Beijos apaixonados... Bocas perdidas nos corpos... Almas loucas... Sede de amor... Sede de loucura... É tão errado... Nem seise me amas... Mas ontem eu beijei-te... E gostei... Enlouquece-me agora pedes... Já me enlouqueces-te tu feiticeiro da lua... Com um toque de um beijo mágico como a lua seduz o sol, vies-te a minha casa... E me transformas-te... Como és capaz... Tens poderes de mago, E sedução de morte... Sim Beijaste-me... E eu gostei... E agora que não sei se me amas... Cheiro o teu perfume... Aquele que me guia e confunde... Olho os teus olhos... Todos eles poder... Todos eles Vitória... Pensas que dominas todas as mulheres... Não sei se o é... A mim me dominas feiticeiro da lua... Mordes o meu pescoço como a querer-me passar o feitiço... E eu gosto... E ris-te... E dizes... ... Se pensas...que só tu gostas-te... do beijo de ontem à noite... O meu carro está sem nenhuma avaría... Lol...

Inserida por maisquetudo