Carlos Alberto Rodrigues Alves: LITURGIA DO NATAL EM TOM BRASILEIRO...

LITURGIA DO NATAL EM TOM BRASILEIRO

PRELÚDIO: Bachianas brasileiras.(H.Villa – Lobos)

PALAVRA DE ADORAÇÃO:

DIRIGENTE: Na bruma leve das paixões que vem de dentro,
tu vens chegando pra brincar no meu quintal
TODOS: Tu vens, tu vens, eu já escuto os teus sinais
DIRIGENTE: A voz de um anjo sussurrou no meu ouvido,
eu não duvido já escuto os teus sinais
TODOS: Tu vens, tu vens... Eu te anuncio nos sinos das catedrais.

CANÇÃO: Oh! Deus salve o oratório (Milton Nascimento)

Oh Deus salve o oratório...Onde Deus fez a morada...
Onde mora o Calix Bento...e a ceia consagrada
De Jessé nasceu a vara...da vara nasceu a flor
e da flor nasceu Maria...de Maria o Salvador

PALAVRA DE CONFISSÃO:

Somos muitos Severinos iguais em tudo na vida:
na mesma cabeça grande que a custo é que se equilibra,
no mesmo ventre crescido sobre as mesmas pernas finas
e iguais também porque o sangue, que usamos tem pouca tinta.
(João Cabral de Melo Neto)

PALAVRA DE LOUVOR:

CANTO: Luar do sertão (J. Pernambuco e Catulo P. Cearense)

Não há, oh gente, oh não Luar como esse do sertão
Não há, oh gente, oh não Luar como esse do sertão

Oh, que saudade do luar da minha terra
Lá na serra branquejando folhas secas pelo chão
Esse luar lá da cidade tão escuro
Não tem aquela saudade do luar lá do sertão

PALAVRA DE EDIFICAÇÃO:

Sermão:

Véspera de Natal! Você virá Papai Noel. Com as velhas botas carregadas de lama, com a longa barba ensopada de chuva, trazendo nas costas um saco de brinquedos, alegrias, ilusões...
Você virá a tiritar de frio, trêmulo como um vovô que eu tinha que era manso e bom como você. Sei que você virá de qualquer modo, atravessando os mares insondáveis, as correntes dos rios tumultuosos, e entrará em todas as casas onde houver sapatinhos elegantes esperando nos cantos por você...
Mas sei também que, por trazer a memória cansada, você esquecerá mais uma vez daquelas casinhas pobres que deveriam lembrar-lhe a manjedoura de Belém. Que pena Papai Noel! Você já se esqueceu da noite de Belém... (Boechat)

PALAVRA DE CONSAGRAÇÃO

CANTO: Os devotos do divino ( Ivan Lins)

Os devotos do divino vão abrir sua morada pra bandeira do Divino ser bem-vinda, ser louvada, ai, ai.
Que o perdão seja sagrado, que a fé seja infinita, que o homem seja livre, que a justiça sobreviva, ai, ai.
Assim como os três Reis Magos que seguiram a estrela-guia, a bandeira segue em frente atrás de melhores dias, ai, ai.
No estandarte vai escrito que ele voltara de novo. E o Rei será bendito, Ele nascerá do povo, ai, ai.

Prece final:

Senhor, que os Teus pequenos sinais de vida
Enfraqueçam as grandes pretensões da morte
E que possamos cantar sob mil bandeiras brancas
A paz que traz, o bem que vem!

(Liturgia de natal elaborada por este conselheiro do Conselho Estadual de Educação do Paraná, celebrada em centenas de escolas de nosso Estado, por milhares de alunos e professores que acreditam que Deus é amor ).

Inserida por CARLOSALVES17