Desconhecido: Andando de um lado pro outro, dei...

Andando de um lado pro outro, dei várias voltas pela casa, tentando entender... Não, melhor tentando não pensar, arrumar coisas tolas e braçais que ocupem o tempo e que distraiam a mente.
Já chorei tanto lendo poesias e pensando em vc. Sei o que sinto, mas aprendi a me controlar, nem tudo depende de mim e ninguém gosta de chiclete grudado no pé.
Descobri que gosto muito de ficar em casa sozinha. Lendo, ouvindo música, pensando na vida, cuidando das plantinhas e bichinhos, olhando o tel que não toca e qd toca não é a voz que eu queria ouvir. Gosto de escrever mas quase não o faço. Pra que escrever mensagens se não serão respondidas?
Há quanto tempo não ia no zôo... Inevitável a identificação com aqueles bichinhos infelizes, sofrendo com a falta de espaço e de atenção. Só pensam em carinho e liberdade. Como pode um ser humano fazer tal barbaridade com os animais, que têm sentimentos e são leais, e têm tanto a nos ensinar?

Inserida por kichuva