Maria Corina Araujo: Reflexões... (Maria Corina Araújo) No...

Reflexões...
(Maria Corina Araújo)

No meio de um emaranhado de coisas, de todas as coisas que vejo no caminho, paro diante do meu próprio reflexo em um retrovisor qualquer.

Vejo na imagem refletida, o resumo de todas as coisas,
dos amores, das lutas, das perdas, estas, vãs ou por vezes necessárias...

Sofro e ao mesmo tempo, sou grata.

Sofro, por que ao me deparar com os obstáculos de minha vida, não sabia como agir, paguei um preço por isso, mas o preço foi um inigualável aprendizado.

Sou grata, por ter sobrevivido, por nascer a cada prova imposta. E renascida trouxe comigo as armas para vencer as próximas...

Sou a soma de todas as coisas que vejo, todas as pessoas que passam. Eu as observo, no despertar das manhãs, e no silêncio da noite.

Se me olham, sou mais uma que passa, não enxergam meus temores minhas angustias, minhas inquietações...e eu segui sozinha, por muito tempo.

Entretanto, no mesmo reflexo, algo de novo se manifesta, e faz renovar cada traço do desenho, trazendo junto a várias incertezas, a esperança de que um sentimento maior, una tudo isso.

Por que nada valeria a pena se nesta caminhada as coisas fossem premeditadas, escritas. As coisas boas não teriam o mesmo sabor. Não haveria amor, haveria conveniência.

Pensando em tudo isso, me vejo hoje em vc,e busco em teus olhos, achar minha própria essência.

Inserida por Corina