Gabriela Mafra Guerreiro: Ele seguiu numa mistura de alegria e...

Ele seguiu numa mistura de alegria e ansiedade, pois sabia que era seu começo de glórias. Realmente! Tudo novo e deslumbrava-se, deliciava aquele admirável mundo novo tomando um líquido fosforescente servido por fadas verdes. “Sempre quis fazer parte disso tudo”, pensava encantado. E vieram os dias de dinheiro, as noites de diferentes mulheres, a fama de tempo indeterminado. Ocupou sua vida de tantos compromissos que mal tinha tempo pra se deprimir com as memórias de seu passado, também não as queria porque sabia que a solidão quem trazia-lhe era a saudade que sentia quando se aproximava de certas reminiscências do que foi um dia. Mas era grato ao seu passado sim, porque jamais perdeu sua retidão. Mas não era mais o mesmo que não olhou pra trás quando partiu. No fundo, era preciso não olhar pra trás. Se desprender era ser livre, e ser livre é se permitir crescer. Crescer é conseqüência e prêmio para grandes homens, e alí estava aquele grande homem. Notado e notório

Inserida por bibimafra