Gabriela Mafra Guerreiro: Fernando, Fernando... Quando escreveste...

Fernando, Fernando...

Quando escreveste que todas as cartas de amor são ridículas não sabias que ridícula seria eu em escrever todas as cartas de amor? Que ridículo era o amor em se deixar ser escrito em cartas? Mas tinhas razão! Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas!

Inserida por bibimafra