Gustavo Oliveira: É por que é A morte é o incansável e...

É por que é

A morte é o incansável e eterno fato
Atrevo-me ainda a falar que é o verdadeiro fato
Atrevo-me mais ainda
A falar que, não que a admire
Porem que a entendo
Não que seja bonita
Mais necessária
- não a temo!
Ela é absoluta e inebriante
Toda via, com sua dor
Ela trás beleza e sentido
Ela é amante
Sem ela nada faria sentido
Em nada haveria beleza
Sem ela não haveria crenças
Sem ela tudo seria certeza
Imortalidade não me agrada
Se existisse
Me embriagaria – amarga
Desamores, descrenças
Tudo aceito, tudo prata
Sem presenças
-Ó Linda morte horrível
Amante insensível
Que com sua flecha
Dura pálida e invisível
Da beleza as coisa e sentido ao impossível. 14/11/2006

Inserida por Gustavo.oliveira