Wender Reis Ramos: Igual às pessoas! Aos que me...

Igual às pessoas!


Aos que me perguntarem quem sou, digo-lhes que sou simplesmente igual às pessoas. Igual a todos os normais, igual a todos os mortais. Apenas um ser como todos os outros que hão semelhantes a mim. Um sujeito perecível, um ser de necessidades desnecessárias. Um cara emotivo, que quando é ferido pode chorar.
Aos que me perguntarem quem sou, digo-lhes que sou simplesmente igual às pessoas. Suscetível de sentir a mesma sensação de uma pessoa que ao receber um elogio eleva sua auto estima. Assim como aqueles que diante de uma situação que julgam injusta enchem-se de solidariedade para interceder. Igual aos que sofrem para se conformar com um amor não correspondido. Tal como os pretensiosos que acham que podem ter tudo. Idêntico aos que se amedrontam diante da morte. Igual aos que amam sem entender por que. Assim como também os que odeiam algo sem motivos aparentes. Tão similar aos que temem a solidão do escuro e do silêncio.
Aos que me perguntarem quem sou, digo-lhes que sou simplesmente igual às pessoas. Igual aos que procuram a todo tempo no sonho chamado vida a felicidade. Igual aqueles que acham que são diferentes dos mesmos entre os seus. Igual aqueles que com os estômagos vazios sentem fome. Assim como aqueles que acreditam que suas verdades são as mais verdadeiras entre todas.

Aos que me perguntarem quem sou, digo-lhes que sou simplesmente igual às pessoas!

Inserida por Literato