Jessica Dizzy: Eu queria ser o vento, e como quem pode...

Eu queria ser o vento, e como quem pode tudo, assoprar para longe os obstáculos. Eu queria ser o tempo, para cometer erros e voltar para concertá-los.
Eu queria ser o relógio, para despertar nas horas próprias.
Eu queria ser um lampião, para acender a chama no coração de quem ama.
Eu queria ser uma bússola, para ir sempre na direção certa.
Eu queria ser um mosquito, pra te seguir, te observar.
Eu queria ser um pássaro, para ser livre, voar.
Eu queria ser um telefone, para quando sentir sua falta, nao me exitar em ligar.
Eu queria ser um radar, para onde for, poder te encontrar.
Eu queria ser seu coração, para então fazer você nunca deixar de me amar.

Inserida por JessicaDizzy