Paula Câmara Ferreira: Sou tão insana assim Tão...

Sou tão insana assim
Tão inconseqüente assim
Não tem pra onde eu ir...
Não há sorrisos que me façam sorrir...
As palavras que me fariam ver
Foram roubadas...
Então eu sei, que quando eu acordar tudo estará melhor
E eu saberei o que fazer...
Está na hora ou é aqui, então é agora...
Eu preciso fechar os olhos...
Preciso me encontrar antes que me percam
(entre esses versos mudos)
És tão delicado, és tão complicado
Esse meu ver...
Preciso voar entre os sonhos..
Preciso fechar os olhos e escutar
O que a minha voz tem a dizer...
Preciso me encontrar antes que me percam
(entre esses versos mudos)
Não tem pra onde eu ir...
Não há sorrisos que me façam sorrir..

Inserida por Paxazinha