Yasmine Gomes: Ah, a saudade! como ela é...

Ah, a saudade!
como ela é surpreendente, como ela é grande,
como ela doi, e encanta.
saudades dela que me entendia, que me impedia e depois pedia para que eu entendesse.
saudade dela, andando na casa, toda flutuante, parecia uma romantica borboleta ...ou do amor,uma amante.
saudade dela e daquele seu perfume que me 'acolhia'..aquele cheiro que ate hoje eu nao o sinto, e que me deixa louca, de saudade dela.
mas é dela que eu nunca esqueço, cada passo, cada beijo, o seu cheiro.. seu amor, seu abraço, seu prato, seu pranto, seu olhar, seu encanto, suas palavras, seu sorriso, seu poder de gritar e sussurrar...coisa de Mãe.
Saudade dela, a melhor mãe ...
mas nunca me esquecerei, de suas lagrimas, tristes e desesperadoras, querendo corroer a minha alma de tanta pena que eu tinha do seu ser...e que bom ela esta feliz agora...
e a saudade,
ah saudade, que saudade!
aperta, me corroi, me destroi.
mas das dores da minha vida,
ela é a que menos me doi.

Inserida por yahbrasil