Augusto Branco: Quando crianças trazemos as feições...

Quando crianças trazemos as feições dóceis e frágeis, para que nos seja oferecido carinho e segurança por aqueles que nos cercam. Quando adultos, nossas faces se tornam sérias e rijas, para que suportemos a dureza da vida. E quando velhos, não nos restam na face mais que expressões de debilidade e idiotia para que sejamos, por fim, dignos de pena.

Inserida por AugustoBranco