Edmar Alvares Ribeiro: Quase morro de saudades de você Ontem...

Quase morro de saudades de você

Ontem não lhe vi junto ao meu corpo
para sentir todo seu perfume
sofri por não amanhecer comigo

Parei, pensei e logo chorei
tua falta me trás muita dor
pois, eu te amo meu amor!

Me deixaste!
Quase morro de saudades de você!

Ai que saudades de ti meu amor!
sei que te lembras muito de mim
esperei tua volta aos meus braços

Estás tão linda agora
não sofro mais tua falta
como te ver me fez bem

só me faltava tua compahia
pois agora, meu ser é so alegria
sentindo seu perfume misturando-se ao meu.

me deixaste, quase morto de saudades de você!

Ai, meu amor!
01/02/2005
Edmar Alvares Ribeiro.

Inserida por ear1978