Mariana Gueiros: Já fui feliz Um dia, quando vivi...

Já fui feliz

Um dia, quando vivi LIVRE... Quando pude voar na mata virgem, cantar e cantar, sem haver motivos de abafar meu canto, fui FELIZ.
Um dia quando, pude viver com minha família, com outros animais de meu grupo, voar quilômetros e quilômetros e ver um horizonte sem fim... fui FELIZ.
Um dia quando pude subir nas copas das árvores mais altas, comer deliciosas sementes, lavar minhas penas com água do rio, fui FELIZ.
Um dia, quando eu puder voar para onde quiser, acordar com o nascer do sol refletido nas águas do rio, com o feliz cantar dos outros pássaros, testemunhar o brotar de flores, sentir o cheiro do verde da mata e não ter memórias do passado que vivi preso numa minúscula grade, com meu irmãos presos como eu, ouvindo todo minuto, tristonhos cantares e contares, sem espaço para voar, empoleirado em uma árvore que mal tinha galhos, um dia quando me libertar desta imagem de pesadelos... Eu direi: Voltei a ser FELIZ.

Inserida por marigueiros