George Huxcley: Quando nos fundos dos olhos vemos o...

Quando nos fundos dos olhos vemos o impetro da alma, por sentimentos genuínos, onde os efémeros esmoreçam, vemos o coração latejando por vida, aprendemos a não dar valor há nada passageiro, e que antes de conquistar, devemos cultivar.

Inserida por frasesinternet