Edileuza P. Scárdua: Como um Sol de um novo dia também posso...

Como um Sol de um novo dia também posso me iluminar.
E a ele eu peço:


Oh! Sol, como tu iluminas mais um novo dia e me desperta para junto de ti me iluminar.

Ensina-me também dar vida, ensina-me a entender o propósito do crescimento do meu espírito e a degeneração de meu corpo. Para que assim como meu “Ser”, ser luz, meu corpo terreno possa dar sustento ao solo. e assim me rejubilar pela compreensão de minha passagem neste plano.

Inserida por marcio-azuelide