Regina O.: Onde houver dor que possamos levar um...

Onde houver dor que possamos levar um pouco do anestésico, que é o Amor de uma palavra amiga que conforta o corpo e a alma. Onde houver o desanimo que possamos levar alegria, onde houver desunião que possamos entrelaçar os corações fazendo com que todos se esqueçam das mazelas que só servem para afetar nossa alma, nos tornando incapazes de ver as coisas boas e só lembrarmos das coisas ruins. Que saibamos perdoar para sermos perdoados, compreender para sermos compreendidos, amar para sermos amados.

Inserida por Natxi