Dilson de Oliveira Nunes: Todo o amor é infinito. Se acabar, é...

Todo o amor é infinito. Se acabar, é porque nunca houve amor. Pode até, ao longo do tempo, sofrer algumas variações de intensidade, para mais ou para menos, sem no entanto se extinguir...Mas incondicional mesmo, só o amor próprio.

Inserida por Dilsoft