Ruth Rossini: "Alquimia" Alquimia minha Para...

"Alquimia"

Alquimia minha
Para mim, sim, convinha.
Que de dentro em mim agora saias
E aquele a quem desejo possuas
E o encontro da química fosse tal
Que ele visse sua vida sem mim
Como morte lenta e fatal
E o único antídoto para algo tão letal
Fossem minhas palavras a sarar-lhe
Há! Alquimia minha
Transforma o aço de seu coração
Que cortou-me de sua vida como espada
Em terra,que precisa de minhas sementes
Para crescer, germinar, respirar.
Vai... Vai... Alquimia minha
Viaja em letras bailando em linhas
Invade seus olhos
Banha sua alma como uvas em vinhas
Minha alquimia sai de minha alma
E explode em minhas mãos
Quando em letras transformo o que sinto
Quando em palavras exprimo meus desejos
Ainda que sejam devaneios...
Por conta de meus anseios.

(Ruth)

Inserida por eternyzante