Deborah Strougo: E quanto mais me prendo à essa cidade,...

E quanto mais me prendo à essa cidade, mais me perco pelas ruas - infestadas de vida, e ainda sim desertas. Meu corpo lacrado às estradas, as calçadas que puxam meus pés por cada quadrilhado. Ainda sim, com os pés presos e o corpo cansado, minha mente vagueia por um mundo ilustrado. Um mundo de fantasias e crias, um mundo de desenhos e desempenhos. Essa imaginação que própria se imagina, e que expande meu corpo - atravessando as fronteiras da realidade. Puro êxtase que me invade - me domina - e assim deixo estar.

Inserida por deborahstrougo