Ancião.: Quando nos descaminhos nos encontramos...

Quando nos descaminhos nos encontramos em uma encruzilhada, devemos nos permitir parar e refletir.
A revolta não amadurece a alma.
A temperança nos faz caminhar para nosso melhor ponto de observação.
A evolução.
Pense sempre, e veja o quanto se tem a ganhar quando se propõe o homem a aprender.
Ele capta pontos de seu EU Maior que estavam dispersos, e conjuga o verbo do amor mesmo que não entenda .
Na verdade começa a nova jornada.
A palma que leva a mão a outra, leva também o afago ao necessitado. Havendo boa vontade tudo tem o caminho a ser percorrido.
Já na fase da busca se colhe algum fruto, e a gratidão nos faz ver coisas e pontos de vista que antes não nos movia a qualquer caminho.
O sentido pleno do saber, o sentido novo do SER é a busca do devir, e ir sempre que se quer.
Ora a qualquer ponto do Universo e o caminho da luz será aberto àquele que deseja caminhar.
Abra cada porta como o desejo firme de servir e com certeza a luz estará em seu caminho.
Brota de dentro do seu SER o melhor quando se põe em marcha a cada dia com o objetivo novo de ser a luz no caminho da dor.
Cobra-te a justeza da alma em cada ato, e plante sempre o bom fruto do seu coração e com certeza tu irás a cada dia vendo o novo brotar de seus sentimentos nobres.
Caminha em paz sem temer o novo, pois, ele sempre será nobre quando te propuseres a servir.


Ancião.

Inserida por claudionorsena